sábado, 4 de fevereiro de 2012

Ex-árbitro acusa outro...de abuso sexual!

Aqui está uma história pouco habitual. Germán Mauricio Sánchez, antigo árbitro colombiano, acusa um congénere de abuso sexual. Óscar Ruiz, que dirigiu quatro finais da Taça dos Libertadores e esteve no Mundial de 2002, terá de rebater a denúncia.

«Óscar Julián telefonou-me e disse-me que poderia ficar em sua casa», começou por dizer Germán Mauricio Sánchez ao jornal Diario Mío, já depois de apresentar queixa. O queixoso foi a Villavicencio devido ao seu trabalho como engenheiro mecânico.

Tudo piorou de noite. «Em casa dele há três quartos. Num deles, ficou o meu colega. Noutro, havia uma cama desmontada. No principal, estava Ruiz. Ele disse-me que podia dormir descansado e assim fiz, mas de madrugada ele começou a esfregar-se, a prender-me, e tive de o afastar. Foi isso que aconteceu.»

Os factos remontam a 5 de Dezembro de 2010. Germán Mauricio Sánchez denunciou o caso às instâncias desportivas mas não obteve resposta. Agora, avança para a justiça civil: «Não o denunciei antes porque tinha o objectivo de voltar a apitar profissionalmente. Queria que tudo pudesse ser solucionado nas instâncias desportivas», concluiu.
Enviar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mensagens populares

Recomendamos ...